Menu principal
 

IFC de Rio do Sul participa da operação Reencontro Rondon da Udesc

segunda-feira, 19 de setembro de 2022

Atividades foram realizadas em 15 municípios da região do Alto Vale do Rio do Peixe entre os dias 23 de agosto e 3 de setembro.

O Projeto Reencontro Rondon (NER) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) foi realizado em 15 municípios da região do Alto Vale do Rio Peixe – AMARP, entre o período de 23 de agosto a 03 de setembro. As operações são abertas à participação de acadêmicos, que desenvolvem atividades nas oito áreas da extensão universitária: educação, saúde, meio ambiente, direitos humanos e justiça, cultura, comunicação, trabalho e tecnologia e produção.

O IFC se fez presente com a representação 7 alunos do Campus de Rio do Sul, 2 alunos do Campus Camboriú, 2 alunos do Campus São Bento do Sul, e 1 servidor de Rio do Sul. As operações do Projeto Reencontro – Rondon NER Udesc também contou com a participação de integrantes de outras instituições. Entre as parcerias desta edição, estiveram o Instituto Federal Catarinense (IFC), a Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e a Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

EXPERIÊNCIA

O objetivo do projeto é envolver a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que ampliem o bem-estar da população. Segundo Laércio de Souza, coordenador junto ao projeto no IFC, uma das coisas mais interessante é ter a sensação de que não medimos esforços para alcançar os objetivos a que nos propusemos quando resolvemos aderir a esta iniciativa. “Um dia com a certeza do dever cumprido, outro na certeza de podermos ser melhores a cada dia”.

A estudante Flávia, que cursa engenharia Mecatrônica em Rio do Sul salientou que saiu da sua zona de conforto. “Vamos para outras cidades, trabalhamos com pessoas desconhecidas em áreas diversas, e mesmo com pouco recursos fazemos o nosso máximo”, comentou ela. Já Mayra do curso de Agronomia e Jeane do curso de Pedagogia enfatizaram que saíram com o intuito de transmitir conhecimentos e acabaram aprendendo muito mais que ensinando.

“A ideia de passar 12 dias com pessoas que não conhecemos é realmente assustadora, mas quando se vive isso através do projeto, se torna uma maravilhosa experiência de vida”, comentou Mayra. Após o projeto me sinto rica de algo que o dinheiro e status não podem pagar. Só tenho a agradecer por tamanha oportunidade”, finalizou Jeane.

Ao todo, a operação promoveu 800 oficinas e atividades complementares, entre 24 de agosto e 2 de setembro, nos 15 municípios que integram a Amarp. Mais de 30 mil pessoas foram atendidas durante os dez dias da Operação Reencontro, a 19ª do Núcleo Extensionista Rondon (NER), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).